26 janeiro 2005

Campanha Eleitoral

Após algum tempo sem escrever decido voltar à minha actividade de comentador regular deste magnifico blogg.
E escrevo para marcar a minha posição relativamente àquela que espero vir a ser a melhor campanha do CDS de todos os tempos.
Enquanto militante de uma juventude tão dinâmica não posso deixar de apelar a uma campanha igualmente dinâmica! Em primeiro lugar, temos de estar bem convictos daquilo que estamos a fazer! E, para quem não sabe, o que estamos verdadeiramente a fazer é prestar um serviço ao País que tanto queremos. De facto, mais do que pintar o País com as cores de um Partido, devemos moldar um Partido em função do serviço que prestamos a Portugal. Não devemos pôr os interesses partidários acima dos verdadeiros interesses nacionais!
Não podemos ter medo de ter algumas ideias que sejam diferentes aos valores do CDS. Não é um partido que nos molda... Somos nós quem pode - e deve - procurar, em cada dia, moldar um pouco mais o partido de que tanto gostamos.
E é por estar convicto que vai ser esta a atitude do CDS que me uno a tantos e tantas nesta campanha eleitoral. A atitude do CDS deverá ser sempre uma atitude de apresentação de um Governo e não uma atitude de conflito com outros partidos. Os portugueses querem verdadeiramente saber quais as propostas dos partidos. E o CDS só se deve preocupar em dar as respostas a essas questões! A guerra partidária já está gasta e em nada contribui para o desenvolvimento e estabilidade de Portugal. Precisamos de uma masa de políticos forte e com um verdadeiro sentido de amor nacional! E, muito sinceramente, é isso que está a faltar em Portugal. Hoje, etou convicto, os políticos nacionais têm posto muitas vezes os seus interesses pessoais acima dos interesses nacionais!
E estou convicto que o CDS vai marcar um novo rumo relativamente a uma nova forma de estar na política!
Um forte abraço José Morais Barbosa