31 março 2005

O inglês

Todos nós estamos recordados da promessa do Partido Socialista de incrementar o ensino da Língua inglesa no ensino básico, leia-se 1º ciclo. Ora seja qual for o ponto de vista todos concordamos que não é fácil colocar todos os professores de um ano para o outro em todo o país, logo o que todos pensamos é, esta será uma medida para não avançar já.

Eis senão quando vejo no telejornal a Sr.ª ;Ministra da Educação dizer que para já o inglês não vai avançar em todas as escolas, mas não há problema, em 4 anos todo o país terá inglês.

Ora isto levanta logo à partida problemas de constitucionalidade creio, não sendo especialista, acredito que dizer alguns cidadãos terão mais acesso à educação do que outros parece-me claramente inconstitucional. Para além disto mais uma vez vamos ver alargadas as assimetrias entre o litoral e o interior, vamos ter um Portugal das grandes cidades que tem inglês, e um Portugal mais recôndito que pelo menos para já fica à espera.
Tiago Antão