09 junho 2005

Co-ligações

Concordo plenamente com o post do Zé Bourbon (ZB) referido no nosso último post. E discordo portanto do Carlos quando diz que desta vez, acha "que estão reunidas as condições para que haja uma grande coligação entre os dois Partidos."

Simplesmente não percebo porquê? Tudo bem que se pode fazer coligação, sem daí advir mal nenhum ao mundo. Mas como diz muito bem o ZB, os factos conjugados de o PSD, personalizado por Carmona Rodrigues, não apresentar um projecto mobilizador do eleitorado e de a esquerda, pela primeira vez em muitos anos, se apresentar fragmentada nas suas várias tonalidades, criam "
uma excelente oportunidade para o CDS reforçar a sua posição em Lisboa - a qual, recordo, já foi de liderança". Ainda para mais quando existem no seio do CDS individualidades de grande categoria para o cargo.

Tendo em conta estes argumentos e a regra que eu partilho com o Carlos de que as coligações devem ser excepção, não vejo motivos para tal acontecer.

Partilho também a inquietação de no dia 9 de Junho ainda não termos a questão resolvida, porque acho eu, dá má imagem ao partido, e diminui o peso político da nossa decisão. No entanto confio que a nossa liderança estará a fazer o melhor para Lisboa, daí a demora. Depressa e bem não há quem.

Assim sendo fico ansiosamente à espera da decisão.