30 agosto 2005

23 agosto 2005

Urbanismo

Por muito que toda a gente concorde que o País precisa de um desenvolvimeto sustentado e que certas regiões, como o Algarve, foram estragadas por décadas de caos na construção, continuam a acontecer situações como esta agora do Algarve!
Uma vergonha!

08 agosto 2005

De terras de Sua Magestade...

Bem, aproveito para escrever aqui, passado algum tempo sem escrever no UGAD, para comentar a conversa entre o Duarte e a Beatriz um bocadinho mais abaixo.
Estando aqui no Reino Unido, tenho reparado que se vive um clima geral que nao chamarei de medo, mas, pelo menos, de algum cuidado. Pode-se policiamento em qualquer esquina, ha avisos por todo o lado nas estacoes de comboio, de metro e ate nas paragens de autocarros a advertir para nao se deixar nenhuma bagagem solta, ou esta sera logo recolhida, etc.
Tudo isto nao so nao me parece mau, como me parece bastante bom. Todo o cuidado e pouco quando estamos a cuidar de uns lunaticos que numa qualquer bela manha podem decidir sair de casa com uns quilozinhos de explosivos numa mochila para ja estarem nessa noite no paraiso prometido por Maome, rodeados de 500 virgens.
Mas nao podemos exagerar neste cuidado, senao corremos o serio perigo de comprometermos a Democracia. Se eu, um cidadao exemplar cujo maior delito jamais cometido foi passar um sinal STOP praticamente invisivel (tenho a Mafalda como minha testemunha) nao posso telefonar a uma rapariga a dizer-lhe o quanto gosto dela ou ate confessar-me por telefone (o Catecismo da Igreja Catolica nao diz que a confissao tem que ser presencial, pois nao?) sem que haja a possibilidade dessa conversa ficar gravada numa central qualquer.
Sim, a Beatriz parte do principio de que, se eu nao estou a cometer um crime, entao a minha conversa telefonica ou meu mail nao tem que ser vedado as autoridades, mas eu penso exactamente o contratio. So se eu estiver a cometer algum crime, ou so se houver fortes suspeitas de que eu tenha cometido ou me esteja a preparar para tal e que um JUIZ pode autorizar que a minha privacidade seja violada.
O que se podera fazer para melhorar a eficacia das forcas policiais, e alterar o procedimento judicial tendente a levantar essa privacidade dos cidadaos, fazendo com que ele seja mais celere, mas estaremos a contrariar principios basicos da Democracia ao prescindir de um Juiz para se decidir sobre os nossos direitos fundamentais.
Por isso, o que eu pergunto aos Srs. Politicos Europeus e se tencionam permitir que o terrorismo acabe com a nossa Democracia?
.
Peco desculpa pela falta de acentos e cedilhas, mas estou num computador Ingles sem essas coisas fundamentais a lingua portuguesa.

02 agosto 2005

O palácio do povo.

O antigo morador do Palácio de Belém e candidato a futuro habitante, (parece estranho, e é), vai ser recebido pelo actual morador. Isto é o mesmo que dizer que Jorge Sampaio vai receber Mário Soares na sua residência oficial, isso a propósito dos contactos que este último está a fazer para ajudar à sua reflexão sobre se deve ou não avançar com a sua candidatura para a Presidência da República.

Penso que isto volta a manchar a actuação de Jorge Sampaio à frente da Presidência da República, depois da dissolução da assembleia, hoje Sampaio volta a por o partido à frente do interesse dos portugueses. O presidente volta a confundir as funções que exerce, ele não tem de ser conselheiro de nenhuma candidatura, e muito menos fazê-lo publicamente.

Aonde vai parar a nossa democracia?