31 março 2006

Um passo em frente.

O mundo em que vivemos enche-se de segredos que tomamos por indecifráveis. Isto, até ao dia em que a luz se faz diante dos nossos olhos, iluminando-nos no prazer da resposta às nossas indagações.
Desde há muito tempo que me autoflagelava com as mesmas perguntas: "Como é que se muda a relação de Portugal com a Direita? Como se consegue trazer às pessoas a Direita tal como ela é hoje em dia? Como podemos fazer perceber de uma vez por todas, a uma população maioritariamente desinteressada e pouco preparada para lidar com assuntos que concirnam às lides políticas, que a Direita não é o papão personificando o 24 de Abril, tal como proclamado pelas hostes esquerdistas do País?"
Tornava-se frustrante. Era um problema sem solução. Eram questões a serem resolvidas pela mera passagem de gerações. Até que, de uma pincelada só, num movimento pleno de eficácia, a luz se fez entre nós.
O Estado da Arte. Era o veículo que faltava à Direita. Um espaço de ampla abertura ao público, num órgão tido como imparcial e informativo, ocupado por uma figura de referência (e, por que não, reverência?), transmitindo a todos aquela que é uma visão certeira daquilo que é a Direita dos nossos dias no nosso País.
Tenho este programa como uma quimera, algo por que almejava à muito. É um autêntico pé-de-cabra para mentalidades. Alerta para uma visão diferente dos problemas. Rompe com o marasmo do comentário comprometido por pruridos esquerdistas. É uma lufada de ar fresco para uma sociedade bafienta, de tanto domínio pela parte da opinião agrilhoada pela ignorância.
Daqui saúdo os corajosos que partilham o que sentem sem medo de serem calados pela ignorância.

27 março 2006

Conferência - O Papel do Estado na Economia

A Concelhia de Lisboa do CDS está a organizar um ciclo de conferências que tem como objectivo principal fazer com que o CDS seja um verdadeiro laboratório de ideias e que se afirme como uma verdadeira alternativa de Governo em Portugal.

Neste sentido, no próximo dia 30, quinta feira, será dado o pontapé de saída desta iniciativa, com uma conferência subordinada ao tema «O Papel do Estado na Economia» que contará com a presença do Dr. António Pires de Lima, figura incontornável no nosso partido e voz que não poderá deixar de ser ouvida em matéria económica e terá o nosso Presidente, Carlos Andrade, como moderador. Se mais nenhum motivo tivessemos, estes dois nomes tornariam desde logo obrigatória a nossa presença na próxima quinta-feira!


O Papel do Estado na Economia

Quinta-feira, dia 30 de Março, às 21h00

Sede Concelhia (Caldas)

Oradores:

Dr. António Pires de Lima
Deputado do CDS-PP
Membro da Comissão de Orçamento e Finanças e
da Comissão de Assuntos Económicos

Engº João Cravinho
Deputado do PS
Presidente da Comissão de Assuntos Económicos, Inovação e Des. Regional
e Presidente Europeu do CEEP

Moderador: Dr. Carlos Oliveira Andrade, Consultor Fiscal

23 março 2006

Informo a todos os leitores deste blog que de dia 24 a dia 26 de Abril estou na Madeira, longe de cravos e grândolas vilas morenas! Boa Alberto João, bem jogado!

22 março 2006

A posição da direita

Depois de ler, por sugestão do Pedro Marques da Costa, a entrevista de Nogueira Pinto ao Portugal Diário, achei que deveria deixar a minha opinião quanto àquilo que parece, na perspectiva da entrevistada, uma transformação do Partido Socialista em Partido Social-Democrata reformista.
Se duas pessoas têm uma opinião sustentada com argumentos lógicos e verosímeis, então não poderemos dizer, com clareza, qual é certa e qual é errada. Mas poderemos certamente dizer qual é, no nosso entender, a mais ajustada à realidade em que vivemos.
Ora, na existência de um socialismo arcaico cujas possibilidades de aplicação segura se desmoronaram no remoto ano de 1989, o que é de admirar não é que um Partido dito Socialista empreenda medidas neo-liberais, embora esta “invasão” seja curiosa. O que provoca o meu espanto é que um partido com esse nome (ou com nomes afins, como Partido Comunista) ainda exista.
Passa-se que no panorama económico-social em que vivemos torna-se impossível sustentar os privilégios sociais conquistados num contexto completamente distinto a vários níveis. Se durante os “Trinta Gloriosos” a prosperidade económica e o “baby boom” permitiram criar e sustentar um Estado-providência cada vez mais burocrático, a verdade é que hoje somos forçados a questionar este modelo de Estado tão intervencionista. De facto, as realidades demográfica e económica requerem que se proceda a uma rápida e efectiva “desestatização” da vida quotidiana, descentralizando muitas das funções que o Estado, hoje, não consegue assegurar convenientemente.
Qual o papel da direita? Defender os seus ideais e lutar por um Portugal melhor. No fundo, cabe-lhe fazer ver à população qual é a opinião, a doutrina, que melhor se adequa à realidade actual e que permite fazer frente aos problemas de hoje com mais eficácia.

20 março 2006

Confererência - Novo Arrendamento Urbano

Caro(a) amigo(a),

Como todos nós sabemos, a cidade de Lisboa, a par de muitas outras, tem tido problemas no que respeita à relação entre os proprietários de imóveis e os seus inquilinos, seja por causa da falta de obras de conservação do edifício até a rendas desajustadas à realidade, entre muitas obras.

Dentro em breve será publicado o diploma que legisla esta área - a nova Lei do Arrendamento Urbano. Face ao interesse elevado da população e da falta de informação sobre as alterações, a Concelhia de Lisboa do CDS-PP convida-o(a) a estar presente numa sessão de esclarecimento sobre “A nova Lei do Arrendamento Urbano”, onde iremos também abordar as implicações derivadas da tentativa de compra de uma 1ª habitação por um jovem na nossa cidade.

A sessão realiza-se na próxima quarta-feira, dia 22 de Março, às 21h00 na Sede Concelhia, e contará com as participações de:

Dr. Pedro Mota Soares, Deputado da Assembleia da República

Dr. Mário Costa Pinto, Advogado na área do arrendamento

Dra. Beatriz Soares Carneiro, Advogada e Vice-Presidente da Concelhia de Lisboa da JP

Como sabe, a sua presença é importante para nós. São estas sessões que nos poderão clarificar sobre assuntos que são da máxima importância para a cidade de Lisboa e que se reflectem na vida de todos.


Maria Orisia Roque
Presidente da Concelhia de Lisboa

Serões do Caldas

20 de Março
21h00

"Política Externa, hoje"*

Oradores:
Paulo Lowndes Marques, ex-Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros
Leonardo Mathias, Embaixador de Portugal




___________________________________
Conferência organizada pelo Conselho Económico e Social do CDS, no Caldas.

19 março 2006

Vale a pena ler

Vale a pena ler a entrevista da nossa Vereadora, ao Portugal Diário.

18 março 2006

Momentos de uma Tomada de Posse

Palavras para quê?

Image hosting by Photobucket

17 março 2006

Tomada de Posse - É HOJE

É hoje a tomada de posse da nossa Concelhia, sendo que tão grande evento apenas pode merecer um grande jantar e uma grande festa!

Assim sendo, estão todos convidados a juntarem-se a nós, no Retiro do Marisco, na Rua Silva Carvalho, para o jantar onde a Comissão Política irá tomar posse formalmente.

Depois, segue-se uma Mega Festa no Fashion House, com bar aberto, muitas surpresas e muita diversão!

Contamos com todos!

16 março 2006

Viver... Toca a todos.

Las Damas de Blanco reclamando a liberdade para os seus maridos diante o Comité Central do Partido Comunista Cubano.
Recentemente tive oportunidade de visitar Cuba. Fui com a ideia de que ia encontrar um povo calado à força, mas que ainda assim, vivia em cidades como nós, respirando ar como nós, sorrindo ou carpindo o seu destino como nós o fazemos.
É falso.
Cuba ensina que não se pode ver o lado bom de algo que está na sua maioria podre. Cuba deprime. Cuba, fora dos belos resorts, assombra-nos. É um país fantasma, de contraste entre memórias de um glamour caribenho de há 50 anos e um presente de sobrevivência aflita.
Se louváveis foram as manifestações de apoio a um povo oprimido do sudeste asiático, que partilhava a nossa língua e parte da nossa história, mais louvável será o apoio a outro povo que partilhando pouco do que é nosso de raíz, ainda assim partilha a nossa condição humana. Isso basta-me.
É um problema nosso.

Direitos Humanos em Cuba



"O nosso partido realiza no próximo sábado, dia 18, uma importante e inovadora acção sobre o tema dos Direitos Humanos em Cuba. É fundamental que todos estejamos presentes." João Almeida

Programa

18 de Março

10:30H - Lançamento em Portugal do "Movimiento No Estáis Solos" – sede nacional

11:30H - Inauguração da exposição "It is our problem too" – junto ao Centro Cultural de Belém

19:00H - Encerramento da exposição.

Intervenções do Presidente do CDS-PP, José Ribeiro e Castro, Coordenador do Grupo PPE-DE para os Direitos Humanos em Cuba, Membro do Comité Internacional para a Democracia em Cuba e Nikola Horejs, membro da Associação Humanitária People in Need.

Nota: A partir do dia 20 de Março, a exposição encontrar-se-á em exibição na Faculdade de Direito de Lisboa.

15 março 2006

Quem faz o UGAD

Image hosting by Photobucket

Com omissões e com falhas, porque não consegui encontrar fotografias de todos, eis quem faz (e em alguns casos quem fez) o UGAD!

Estamos todos de Parabéns!

THE BEST IS YET TO COME

Faz hoje 2 anos que nasceu o UGAD e é, sem dúvida, uma data a comemorar, sobretudo por aqueles que lhe são mais chegados e, muito especialmente, por mim que sou uma das suas fundadoras!

Curiosamente, se é verdade que o UGAD tem uma mãe (eu), que o acompanha desde a primeira hora, o mesmo já não se passa com a figura paterna. Mas lá falta de ‘pais’ não tem o UGAD! Antes pelo contrário, há vários ‘pais’ que aqui merecem uma referência: o ‘Pai’ Carlos, sem dúvida o grande patriarca, na medida em que é o nosso ‘boss’ e foi com ele que o UGAD foi concebido; o ‘Pai’ Francisco, que foi quem cortou o cordão umbilical e foi o autor do segundo post; o ‘Pai’ Miguel Machado que ajudou no parto e deu uma ajuda preciosa na parte técnica; o ‘Pai’ Diogo que amorosamente alimentou a criança ao longo destes dois anos; o ‘Pai’ André que tomou para si a missão de fazer o UGAD cada vez mais bonito; o ‘Pai’ Nuno Van Uden que aparecia de vez em quando mas cujas ‘aparições’ eram sempre motivo de festa! E depois tantos ‘tios’ e ‘tias’, ‘primos’ e ‘primas’ que foram aparecendo e ajudaram a fazer do UGAD o blog que ele é hoje.

Foram dois anos cheios e dois anos em que o UGAD procurou ser sempre interventivo, muitas vezes irreverente e outras orgulhosamente contra-a-corrente.

Como dizia num post aqui há uns tempos, houve tanta coisa que aconteceu no UGAD ao longo de dois anos que não há tempo (nem espaço) para contar tudo. Podia falar dos primeiros posts, muito centrados em nós (CPC); das infinitas discussões sobre a Europa, o TCUE, o Terrorismo e a Intervenção no Iraque; dos posts sobre fiscalidade com os quais ciclicamente somos presenteados pelo Carlos; das picardias, também elas cíclicas, entre mim e o Diogo que fazem bem jus ao chavão – todos de direita mas nem todos de acordo; as críticas ao Governo, ao estado da oposição e até à direcção do partido; as preocupações com a educação, com a saúde, com o ambiente e com a cultura; as informações sobre a vida do partido; as poucas ocasiões em que considerámos pertinente falar aqui da vida interna da JP; os posts pessoais que algumas vezes fizemos e que dão alma ao UGAD e são, no fundo, a tal ‘linguagem de afectos’ que serviu de base ao post que refiro lá em cima.

O UGAD transformou-se, ao longo destes dois anos, no lugar onde os militantes de Lisboa se encontram e podem saber o que pensamos sobre o país e o mundo. Em dois anos foram publicados 991 posts que focaram os mais variados assuntos, desde o Governo Português, à Administração Americana, do chumbo do TCUE à dissolução da Assembleia da República, da eleição de Sócrates ao Presidente Cavaco. O UGAD é um diário do que aconteceu no nosso país (e a nós mesmos) durante estes dois anos e só por isso já tem para nós um valor histórico incalculável!

Por tudo isto, hoje que é dia de aniversário, aqui fica a minha homenagem a quem faz (e fez) o UGAD ao longo destes dois anos de História.

PARABÉNS A TODOS.

STILL, THE BEST IS YET TO COME!

14 março 2006

O Rei (lei-se PM) vai nu!

'José Sócrates diz que primeiro ano de governação foi "o ano da viragem"'

in Publico

O crescimento da economia em 2005:0,3%
O crescimento da economia em 2004:1,1%

As exportações em 2005: 0,9%
As exportações em 2004: 4,5%

Investimento produtivo em 2005: - 3,6%
Investimento produtivo em 2004: 1, 8%

Resta-nos saber em que direcção virámos...

Cavaco de Esquerda/Direita/Centro!

A Propósito do debate das Eleições Presidenciais, em particular da orientação Politica do actual Presidente. Penso que vale a pena ouvir uma voz independente:

"Former Portuguese Prime Minister Anibal Cavaco Silva was sworn-in Thursday as the country's first center-right president in 32 years.(...)Mr. Cavaco Silva was elected in January. He is Portugal's first conservative president since the country became a democracy in 1974."

in Voice of America.

TOMADA DE POSSE

Esta Sexta, 17 de Março pelas 21h no Jardim do Tabaco, (restaurante por confirmar) iremos assistir à tomada de posse da CPC de Lisboa.

Mas não nos ficamos por aqui, de seguida o Fashion House abre-nos as portas para uma grande noite, numa festa especialmente preparada para a nossa GRANDE Concelhia! "FESTA DE PORTUGAL!"

Bar aberto e muito champagne!

Preço: 10€ rapazes e 8€ raparigas

Contamos convosco, para uma noite que não poderá ser senão inesquecivel !

Até sexta!!!

13 março 2006

A bem da verdade

O ex-militante Miguel Valentim, candidato à Concelhia de Lisboa nas últimas eleições, vem, no seu blog, apresentar a sua crítica veemente à actual Comissão Política Concelhia de Lisboa porque, segundo a sua apreciação, a actual CPC não tem feito nada.

Como nada temos a esconder, vamos, então, aos factos e cada um pensará por si. A actual Comissão Política Concelhia de Lisboa foi eleita no dia 10 de Fevereiro de 2006 sendo que, neste primeiro mês, em termos de balanço podemos mencionar:

  • Presença na Tomada de Posse da Concelhia de Odivelas, realizada no dia 11 de Fevereiro de 2006, sendo a CPC de Lisboa representada pelo Presidente, Carlos Andrade, pela Vice-Presidente Beatriz Soares Carneiro e pelo Secretário Pedro Matos Gomes.
  • Presença na Homenagem prestada pelo CDS/PP ao seu fundador, Morais Leitão, sendo a Concelhia representada pelo seu Presidente, Carlos Andrade, pelo Secretário Pedro Matos Gomes e pelo Vogal Pedro Costa.
  • Presença na Tomada de Posse da Concelhia da Amadora, realizada no dia 24 de Fevereiro de 2006, representada pelo Presidente, Carlos Andrade, pelos Vice-Presidentes Nuno Bonneville e Beatriz Soares Carneiro, pelo Secretário Pedro Matos Gomes e pelo Vogal Pedro Costa.
  • Participação no debate sobre moções sectoriais realizado no dia 1 de Março de 2006 em Odivelas, com a presença dos três primeiros subscritores das moções C, D e H, todas elas subscritas pela Comissão Política Concelhia de Lisboa.
  • Presença na Acção de Formação Autárquica realizada no Caldas no dia 7 de Março de 2006.
  • Presença de todos os Conselheiros Distritais de Lisboa no Conselho Distrital realizado no dia 9 de Março de 2006 em Cascais.
  • Presença dos Conselheiros Nacionais de Lisboa no Conselho Nacional realizado nos dias 11 e 12 de Março de 2006 em Palmela, no qual foram discutidas e aprovadas 3 moções sectoriais subscritas pela nossa Concelhia, na qual intervieram 3 militantes da Concelhia de Lisboa, e no qual ganhámos o Prémio Adelino Amaro da Costa, que premeia a melhor Concelhia do país, relativo ao ano de 2005.

A agenda desta Comissão Política Concelhia, neste primeiro mês, foi, portanto, cheia! Respondemos de forma muito positiva a inúmeras soliticações externas que representaram muito trabalho de preparação e mobilização, sobretudo quando no espaço de uma semana foram realizados um Conselho Distrital e um Conselho Nacional. Por isso mesmo, a Tomada de Posse desta Concelhia ainda não teve lugar, sendo que não faria sentido organizar qualquer outro tipo de iniciativas antes de ver a Comissão Política formalmente empossada.

Mas há mais, esta CPC está em condições de fazer sair o próximo número da sua newsletter e de anunciar o seu plano de formação política até Junho, no momento da Tomada de Posse, no próximo dia 17 de Março. Sinceramente, esta dinâmica não me parece muito própria de um cadáver!

E já que se fala no BLOG Uma Geração às Direitas, pena é que as atenções se centrem numa lista de nomes que, no meu entendimento, não tem, sequer, que corresponder à actual composição da CPC, motivo pelo qual não é alterada no momento da realização de eleições. Mas já que estamos no reino dos fait divers bloggosféricos, porque não relembrar, também, os 24 posts publicados desde o dia 10 de Fevereiro até à presente data no UGAD, os quais não sendo um número exagerado são, apesar de tudo, mais do que aqueles que constituem o Blog Nova Juventude desde a sua fundação até ao dia de hoje.

E nada mais adequado para terminar esta resposta do que citar o proprio blog em causa, quando este diz: «Se em vez de criticar louvassemos, se em vez de vermos o defeito, vissemos a qualidade, os outros não só estranhariam, como talvez até se chocassem com a nossa originalidade. Mas o mundo poderia começar a mudar. Dizer bem parece uma fraqueza e, contudo, só isso é fonte de vida. Não tenhamos medo! Dizer bem devia ser um hábito nosso. Deus diz bem de nós. Bendiz».

12 março 2006

Moções Sectoriais

A Comissão Política Concelhia de Lisboa levou ao Conselho Nacional três moções sectoriais subscritas por 3 dos seus militantes, Maria Pia Diniz, Beatriz Soares Carneiro e Nuno Bonneville, sendo que estas, após apresentação e discussão foram aprovadas pelo Conselho Nacional com as seguintes votações:


Moção C - Culturalmente de Direita - 1.ª subscritora Maria Pia Diniz
votos a favor 53
votos contra 10
abstenções 24


Moção D - Portugal no Mundo - 1.ª subscritora Beatriz Soares Carneiro
votos a favor 69
votos contra 13
abstenções 5


Moção H - Somos dos Touros, Somos Portugueses - 1.º subscritor Nuno Bonneville
votos a favor 63
votos contra 3
abstenções 21

Prémio Adelino Amaro da Costa

Este fim de semana realizou-se o Conselho Nacional da Juventude onde, para além de muitos outros temas, foram entregues os prémios Krus Abecassis, Ricardo Medeiros e Adelino Amaro da Costa, sendo que este último premeia a melhor concelhia do país.

Pois bem, este tão importante prémio, referente ao ano de 2005, foi entregue à Comissão Política Concelhia de Lisboa, sendo assim reconhecido o esforço, mérito e trabalho da nossa Concelhia.

Recebermos este prémio, é sem dúvida um orgulho para todos os membros da CPC e também para os nossos militante, tendo sido para mim uma enorme satisfação recebê-lo em representação do nosso Presidente, Carlos Andrade, em grande medida o responsável pela vitória de Lisboa, atendendo à sua imensa capacidade e dedicação à Concelhia que preside.

Estamos todos de parabéns!

10 março 2006

Conselho Distrital de Lisboa

Realizou-se ontem, no Estoril, o primeiro Conselho Distrital depois da eleição da nova CPD, presidida pelo Francisco d' Aguiar, no qual foram aprovados, sem votos contra e com 3 abstenções, o Plano de Actividades e a Proposta de Orçamento. Por esse facto, está a CPD e o seu Presidente de parabéns.

Neste momento, não devo também deixar de notar que a Concelhia de Lisboa se fez representar por todos os seus conselheiros distritais eleitos nas últimas eleições.

08 março 2006

O Estado da Arte

Mesmo sabendo que não sou a mais imparcial das apreciadoras, tenho que dizer que Paulo Portas esteve no seu melhor hoje na Sic Notícias. Brilhante na análise sobre o mandato presidencial de Sampaio e muito lúcido e pertinente o seu comentário sobre o acordo nuclear assinado entre os EUA e a Índia.

Menos bem esteve na apreciação de Cavaco. Excessivamente politicamente correcto face ao novo Presidente. Além de que, ao contrário do que Portas pensa, eu achar francamente mal a primeira entrevista do futuro PR ter sido dada a um jornal espanhol. Se um jornal português não lhe servia ou se preferia um jornal internacional tivesse escolhido o Finantial Times!

Quanto aos Oscars temos umas discordânciazitas, mas nada de significativo!

07 março 2006

Teaser

«Portas garante que o programa televisivo quinzenal na Sic Notícias, que estreia hoje, vai ser mais de opinião do que de comentário. “Não vou estar a medir as palavras”, assegura o antigo líder do partido popular. “Convocar a inteligência das pessoas”, “criar bancos de cultura política e debate intelectual” e “criar uma corrente de ar” contra o politicamente correcto. São estes, e não são modestos, os objectivos de Paulo Portas para o o programa de televisão quinzenal onde hoje se estreia na SIC Notícias.Ao DE, Portas deixa claro que não alinhará pela posição oficial do seu partido: “Vou procurar a maior liberdade possível e não vou estar a medir as palavras”. O que quer é compensar “o desequilíbrio na comunicação social” (hoje prejudicial à direita, garante Portas).»
In Diário Económico

Concurso de potência eólica

Image hosting by Photobucket

Portugal está a investir (e bem) nas energias renováveis e, muito em particular, na energia eólica. Neste contexto, foi lançado o concurso para atribuição de potência eólica (1.500 MW, sendo 1000 MW atribuídos numa primeira face e 500 MW numa segunda) ao qual é noticiado terem sido apresentadas 4 propostas por 4 consórcios liderados pela Galp Energia, EDP, Iberdrola/gamesa e ENEL-Unión Fenosa, respectivamente.

Este projecto permitirá produzir energia eléctrica para abastecer à volta de 750.000 casas e será mais um passo não apenas para reduzir as emissões de CO2 para a atmosfera, bem como para permitir uma maior independencia energética de Portugal face ao petróleo.

Paralelamente, também a energia das ondas, área na qual a EDP promete investir em força, é uma forma de energia que Portugal tem necessariamente que aproveitar, já que tem, segundo a Direcção Geral de Energia, condições para instalar uma potência de cerca de 5 gigawatts em energia das ondas, o equivalente a cerca de 20% do consumo interno de electricidade.

05 março 2006

Em Belém, com vista para a Casa Pia!!

Pois é, o "nosso" Presidente Jorge Sampaio e a 1ª Dama estão de saída na próxima quinta-feira do Palácio de Belém!!
E na minha modesta opinião...Aleluia!
Não que seja fã do Cavaco Silva, bem pelo contrário, mas porque confesso que 10 anos a fazer pouco e a condecorar tudo e todos a toda a hora, sabe-se lá porquê, já cansa um bocadinho!

( como foi dito no contra-informãção, especial "Compaio",o presidente já ia hiperbolicamente, no condecorado 84643)

Até porque, a condecoração perde todo o seu valor se for entregue a qualquer um, nestes casos, maioritariamente pessoas que não fazem mais do que a sua obrigação, ou mesmo àqueles que nem sabem onde é Portugal!... Digamos que o Sr. Presidente ganhou gosto pela condecoração, principalmente no final do seu 2º mandato!

Ao menos há 1 empresa a lucrar com tudo isto ... que seja Portuguesa pelo menos...assim o espero!

Chegou a altura de entrar em cena o chamado presidente da direita portuguesa!
Tenho sérias dúvidas quanto a esta última afirmação, mas o futuro, dentro em breve nos dirá!

03 março 2006

Topete??? Disse Topete????

«Só espero que para o resto da sua vida sinta alguns remorsos por saber que eu lutei para haver democracia, quando o senhor ainda não era nascido ou andava de cueiros. É preciso topete
Freitas do Amaral para Telmo Correia

Sobre isto o RMD disse tudo, com graça e poucas palavras!

Sem querer estar a 'bater no ceguinho'*

«O essencial estava muito para além e muito mais fundo que o problema da violência. Que era apenas uma reacção, condenável, mas compreensível, face às ofensas enormes que tinham sido feitas a toda a comunidade islâmica pelo jornal da extrema-direita dinamarquesa
Freitas do Amaral, durante o debate mensal, ontem na A.R.

Depois de tudo o que já tinha dito e escrito, com esta frase lapidar, eu penso que não há condições para o Senhor Professor continuar a exercer as funções de MNE. Afinal de contas, o Senhor Professor até pode compreender o essencial e as causas profundas da violência da reacção da comunidade islâmica aos cartoons, mas não percebe mais nada... Não percebe o que é a Democracia, o que é a Liberdade, o que é a Tolerância ou o que é qualquer outro valor da Cultura Ocidental. É triste e é pena uma pessoa chegar a este estado de degradação intelectual (e democratica)!

____________________________________
* Não se pense que este post é motivado pelo facto do Senhor Professor Freitas do Amaral ter sido, um dia, fundador do CDS.

02 março 2006

Hermitage em Lisboa

Boas noticias...

Hermitage em Lisboa, não não é o restaurante... é mesmo o museu.

mais detalhes em:

http://port.pravda.ru/portugal/2005/10/23/8931.html

01 março 2006

Debate sobre as moções sectoriais do Distrito de Lisboa

A Distrital de Lisboa da JP, em parceria com a CPC de Odivelas da JP, promove hoje, pelas 21h00, na sede da JP Odivelas, um debate sobre as dez moções sectorias apresentadas ao XV Congresso da JP, a serem discutidas e votadas no próximo Conselho Nacional.

A Comissão Política Concelhia de Lisboa estará presente através dos autores de três moções sectorais:

Moção Sectorial C - Culturalmente de Direita - 1.ª subscritora Maria Pia Diniz;

Moção Sectorial D - Portugal do Mundo - 1.ª subscritora Beatriz Soares Carneiro;

Moção Sectorial J - Somos dos Toiros, Somos Portugueses - 1.º subscritor Nuno Bonneville.

Contamos com a presença de todos.